Graça Guardia

Textos


DIVINA INDIVIDUALIDADE
 
Vivemos aturdidos          
Por apelos de fora
E, assim, tão distraído
O bem, em nós, não aflora.
 
Um dia, já cansados
De ferrenha luta em vão,
Vemo-nos visitados
Por sentimentos sãos,
 
Em completo conflito
Com hábitos antigos
Que denunciam o abrigo,
Da emoção, os atritos.
 
Ante o guante deste algoz,
No infinito caminho,
Mergulhamos em nós
Como em um cadinho
 
Onde, unidos, ter e ser
Diluem mágoas no perdão
E o amor, da vida, a razão,
Luta pelo renascer
 
Do Ser novo que ensina
E vive a caridade,            
Por “deus”, pela divina      
Individualidade.
 
 
Graça Guardia
Pelo Espírito Juliana (10.03.2004)
 
 
Graça Guardia
Enviado por Graça Guardia em 18/03/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras